• Fabio Ritter

Todo cheio de estilo

O adversário do Internacional, no mundial de clubes da FIFA, será o surpreendente Mazembe, da República Democrática do Congo. Apesar de muitos preverem o Pachuca como provável concorrente colorado, os africanos venceram por 1 a 0 a partida das quartas de final do mundial.

O que mais chamou a atenção para nós goleiros foi o folclórico guarda-meta da equipe do Mazembe, Muteba Kidiaba. Quem não teve a oportunidade de assistir a partida, perdeu de ver as acrobacias do arqueiro que foram desde uma encaixada em uma queda lateral até uma comemoração pra lá de esquisita.


Durante a Copa do Mundo da África, 2010, comentei aqui sobre o estágio de desenvolvimento da escola de goleiros africana. Frisei que, assim como o seu futebol em geral, os africanos ainda precisavam crescer muito em se tratando de goleiros. A posição mais séria do futebol parece não ser encarada dessa forma por seus jogadores e, assim, tornam-se atletas não muito confiáveis durante os 90 minutos. Eles são capazes de defesas espetaculares, assim como erros grotescos. Vide o caso do goleiro da Nigéria Enyeama que apesar de boas atuações no mundial acabou falhando feio na partida diante da Grécia.

Voltando a Kidiaba, o goleiro do Mazembe mostrou uma série de jogadas engraçadas durante a partida contra o Pachuca. Seu estilo também é pra lá de diferente. Confira no vídeo abaixo.


0 visualização0 comentário