• Fabio Ritter

Todos erram – parte 2


Não que tenha sido uma praga minha, haja visto o post abaixo, mas os goleiros foram mal na super rodada de ontem na Copa do Brasil e Libertadores, com exceção de Fernando Henrique.

O tão criticado Fernando Henrique, que também acho não ter condições de ser titular do Fluminense, foi muito bem na partida de ontem contra o Boca Juniors. Esteve presente quando o time necessitou dele e não teve culpa nos gols. Fez uma excelente defesa de mão trocada no lado esquerdo no segundo tempo.

Agora, o destaque ficou para as falhas dos nosso amigos, Migliore, do Boca, Magrão, do Sport, e Felipe, do Corinthians. A maior falha disparado do argentino, que simplesmente furou em bola na tentativa de firmeza no chute de Tiago Neves. Felipe, do Corinthians, que há horas vem decepcionando, errou no saída de escanteio e depois não conseguiu se posicionar bem para fazer a defesa na conclusão que veio em cima dele. Menos mal que ele se redimiu nos pênaltis. Por fim, a maior injustiça foi com o sempre regular Magrão, que soltou bola nos pés de Edmundo após conclusão rasteira de fora da área. Mas também conseguiu se recuperar nos pênaltis, pois seu time avançou as finais.

Ficou mal mesmo pro argentino, sem chance de se recuperar na mesma partida e comprometendo a classificação do Boca.

0 visualização0 comentário