• Fabio Ritter

Um novo argentino

Nas últimas décadas a escola argentina de goleiros ficou marcad por goleiros com pouco técnica, reboteros, sem firmeza e pouco seguros. Foram exemplos dessa escola Goycochea, Burgos, Abbondanzieri, entre outros.

Ontem, na final da Taça Libertadores vencida brilhantemente pelo Estudiantes, foi a vez de conhecer um goleiro na nova safra argentina: Mariano Andújar.

O goleiro do Estudiantes mostrou muita segurança e boa técnica na competição. Diferentemente de seus anteriores compatriotas, o goleiro platino mosra muita segurança e firmeza, principalmente nas encaixadas. Durante a partida executou muita dessas jogadas mostrando estar em forma no fundamento.

Sua intervenção mais difícil foi uma saída nos pés de Wellington Paulista ainda no primeiro tempo. O goleiro foi corajoso e não teve medo de sair nos pés do atacante dando a cara para bater e agarrando firme a bola. Fez ainda boas saídas pelo alto mostrando a segurança comentada. Não à toa, Andújar está constantemente nas últimas convocações de Maradona. Veja seus lances de ontem no vídeo abaixo:


0 visualização0 comentário