• Fabio Ritter

Um passo a mais

A primeira vista, o gol do atacante corintiano Bruno César, na vitória de ontem diante do Avaí por 4 a 0 não envolveu uma falha do goleiro Zé Carlos. No entanto, quando revemos o lance podemos apontar o que fez o goleiro não chegar no chute disparado da intermediária.

Note no replay que Zé Carlos, ao encostar na bola, está na trajetória descendente de seu salto para a bola. Dessa forma, ele não consegue afastar com força o chute. O motivo disso foi o salto no momento errado. Zé Carlos cometeu um erro de tempo de bola. Ele deveria ter dado um passo, talvez até dois seriam possíveis, para chegar com mais força e explosão no momento da ponte. Dessa forma, poderia chegar com mais força e a uma altura maior com mais chances, assim, de espalmar o chute para escanteio.

Certamente, o goleiro precipitou-se um pouco e acabou sofrendo o gol. Vai aí mais uma dica que pouca gente deve ter enxergado, mesmo em se tratando de um belo gol de fora da área. Veja o vídeo abaixo e tire tuas conclusões.


0 visualização0 comentário