• Fabio Ritter

Vaias injustas

A acachapante vitória de ontem do Corinthians diante do Flamengo, válida pelo Campeonato Brasileiro, testemunhou um episódio lamentável envolvendo o goleiro César. O jovem atleta do Rubro-Negro foi vaiado por alguns torcedores que o elegeram vilão da partida, ao lado do técnico Cristovão e do atacante Marcelo Cirino.

Uma tremenda bobagem! César teve absolutamente nenhuma culpa nos três gols sofridos. Veja abaixo e tire suas conclusões.


No primeiro gol, ele ainda faz um milagre na primeira jogada parando o atacante do Corinthians. No rebote, acabou sendo encoberto justamente por estar fora do gol após parar o primeiro chute. Nos outros gols, também zero culpa, já que foram chutes frontais em jogadas 1 vs. 1.

É claro que o titular Paulo Victor é um goleiro mais pronto para a camisa 1 do Fla. Ela pesa e não é simples vesti-la e sair operando milagres. A atual situação do time como um todo é o que está tornando as coisas mais difíceis para César.

Apesar do momento de instabilidade vivido, César tem muito potencial. Com apenas 23 anos, ele certamente ainda dará muitas alegrias ao torcedor do Flamengo. Essa fase ruim da equipe, no entanto, certamente não passa pelo goleiro. Vaia-lo é uma tremenda injustiça.

0 visualização0 comentário