top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Zagueiro muy amigo

Primeiro peço que assistam ao vídeo abaixo da vitória do Peñarol diante do Universidad Católica, ontem pelas quartas de final da Copa Santander Libertadores.


Sobre o segundo gol não vou comentar, pois trata-se de um erro banal do goleiro chileno Garcés em uma entrada com quique mal executada. Quero me ater ao primeiro gol. Para isso, mostro a capa do portal globoesporte.com que apenas reflete a opinião de diversos comentaristas de futebol.


Repare na câmera do replay, pela lateral, que o goleiro Garcés parte tranquilo para a saída, quando de repente o zagueiro decide ir de encontro ao goleiro. Isso mesmo, ele vai pra cima do goleiro como se fosse um atacante e choca com Garcés, que assim não consegue segurar firme a bola.

Aí vem todo mundo dizer que o goleiro falhou???? Poxa, um zagueiro que faz uma coisas dessas só pode ser do time adversário. Ou está cego e confundiu Garcés com um jogador do Peñarol. O goleiro teve zero de culpa no primeiro gol, pois não fosse a decisão estúpida do zagueiro a bola morreria na sua mão tranquila.

Engraçado que ninguém comenta isso. O comentarista do Sportv apenas diz que o zagueiro “ajudou” o goleiro na falha. De novo, o zagueiro foi o único responsável.

Para finalizar e não deixar passar, Fernando Henrique fez mais uma bela partida diante do Flamengo, fechando o gol. Ajudou demais o seu Ceará a se classificar para a semi-final da Copa Kia do Brasil.

0 visualização0 comentário
bottom of page